quinta-feira, 27 de maio de 2010

Enamorar nesse teu rio


(Foto Lula Castello Branco)

Lá se vai
triste senhora
O velho rio
enamorar

Com seu banquinho fraco
Perdia-se na pura vastidão
De águas longas
Intermináveis

Já é tarde
Já se foi
Aquela senhora com o olhar triste
Vendo o rio descer

Que tristeza,com razão
Afaga aquele fraco coração
desiludida foi-se embora
em busca de outra vastidão


2 comentários:

  1. Bela poesia, Julieta. Obrigado pelo crédito na Foto.

    ResponderExcluir
  2. De volta, não sei onde achei esse nome 'julieta'... Desculpe-me Clara.

    ResponderExcluir